top of page

De garçom a empresário: Jandir Dalberto lidera expansão do restaurante Di Paolo no Sudeste


Só em 2024, a rede pretende investir R$ 27 milhões na abertura de cinco novas lojas


Expandir a Cucina Della Serra Gaúcha pelo Brasil. Com esse propósito, o empresário Jandir Dalberto, sócio do Di Paolo desde 2017, vem desempenhando um papel fundamental na expansão da marca na região Sudeste, especialmente em São Paulo. Já são cinco unidades no estado, sendo duas nas cidades de Sorocaba e São José dos Campos e em mais três endereços na capital paulista.


O rápido crescimento tem relação com sua trajetória na gastronomia. Dalberto deixou o interior do Paraná aos 20 anos e começou como ajudante de copa na churrascaria Porcão, no Rio de Janeiro. Já em São Paulo, tornou-se garçom no Fogo de Chão, onde teve uma carreira de ascensão. Ao longo de 26 anos na churrascaria, ganhou novas responsabilidades até se tornar presidente de operações e participar da internacionalização da rede pelos Estados Unidos e listar o restaurante na Nasdaq. Cargo em que permaneceu até 2016.


Após um breve hiato da gastronomia, Dalberto voltou ao setor associando-se ao empresário e fundador do Di Paolo, o gaúcho Paulo Geremia, em 2017, trouxe sua experiência e expertise para o projeto, consolidando a presença da rede fora do Sul do país.


“Vamos transformar a marca Di Paolo em uma grande rede, com estimativa de abrir de três a quatro novas operações por ano”, estima Dalberto.


Plano de expansão


Com o objetivo de apresentar a verdadeira gastronomia da Serra Gaúcha em outras regiões do Brasil, a expansão da marca Di Paolo concentrará investimentos de R$ 27 milhões até o final de 2024. Nos planos, estão duas novas lojas no primeiro semestre, no Shopping Galeria, em Campinas e no Shopping Market Place, na capital paulista, e a expectativa de cinco novas casas em estados como Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal.


Atualmente, a rede de restaurantes conta com 14 unidades em 11 cidades e quatro estados. São elas: Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Garibaldi, Gramado, Porto Alegre, Recanto Maestro e Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, além de Itapema (SC), Curitiba (PR), São Paulo (SP), Sorocaba (SP) e São José dos Campos (SP).


História do Di Paolo


O Di Paolo começou sua trajetória em 1994, em Garibaldi, na Serra Gaúcha, pelo sócio-fundador Paulo Geremia, que é o 12º filho de uma família de imigrantes italianos vinda em 1890 da Província de Vicenza, na região do Vêneto. O restaurante nasceu dentro dessas raízes, trazendo à mesa a cultura alimentar dos imigrantes italianos estabelecidos na Serra Gaúcha.


Com essa atmosfera, implementou uma experiência gastronômica servida em sequência de pratos típicos, como a sopa de capeletti in brodo, radicci com bacon, polenta frita e brustolada, queijo à dorê, além de sete tipos de massas. O galeto al primo canto — marinado com uma mistura à base de sálvia e vinho branco e assado na brasa de carvão — é o prato principal e tem sido o cartão de visita do restaurante por onde passa. Entre os destaques da sobremesa, há a tradicional receita de sagu da Serra Gaúcha, feita com vinho bordô seco e acompanhada de creme.

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page