top of page

Drogaria Araújo celebra 118 anos com investimentos


Rede receberá aporte na ordem de R$150 milhões, destinado à expansão


A Drogaria Araújo completa 118 anos amanhã, 20 de março, anunciando a projeção de faturamento de R$ 4,4 bilhões em 2024. O que representa um crescimento de 17% no comparativo com o ano passado. Além disso, a linha de produtos exclusivos Mió deve ultrapassar o mix de 400 itens disponíveis no mercado em 2024. A marca, que nasceu há apenas cinco anos, já tem produtos em praticamente todas as categorias e segue crescendo acima do esperado.


“Chegamos aos 118 anos com a inovação e a melhoria contínua impressas no nosso DNA”, revela o presidente da companhia, Modesto Araujo Neto. No auge da maturidade e atendendo mais de 60 milhões de clientes anualmente, a empresa mantém o vigor da juventude traduzido em ineditismo e pioneirismo: foi a primeira a oferecer o plantão 24h da cidade e, no Brasil, o 1º telemarketing, o 1º modelo drugstore; o 1º drive-thru e o 1º WhatsApp Farma do país.


Expansão


Cerca de R$150 milhões de reais: esse é o aporte destinado ao plano estratégico de expansão da rede neste ano. Hoje, a rede conta com mais de 240 lojas, localizadas na capital e na região metropolitana de Belo Horizonte, e se aproxima de totalizar 340 filiais, distribuídas por mais de 60 municípios em Minas. O plano de expansão da companhia em 2024 está desenhado para abrir novos mercados, além de investir na revitalização de lojas maduras e na evolução dos canais digitais, além de fortalecer a presença nos municípios já atuantes.


“Ousamos adensar e avançar ainda mais, olhando estrategicamente para o potencial do mercado, expandindo nossa atuação e consolidando a nossa representatividade em Minas Gerais”, ressalta o presidente. A expansão também é progressiva nas vendas pelos canais digitais (site, aplicativo, Drogatel, marketplaces e WhatsApp), que já representam 14% do faturamento da rede. A expectativa para 2024 é de crescimento significativo, ampliando e melhorando a experiência de compra dos clientes.


O cronograma de lançamentos segue avançando em várias regiões do interior. Neste ano, o start foi a abertura da nova filial em Ipatinga, a segunda das três unidades programadas para impulsionar o polo da indústria siderúrgica com um modelo diferenciado de negócio no segmento farmacêutico.


Além do Vale do Aço, que representa 20% da expansão projetada para a Araujo em 2024, o pipeline planejado para o primeiro semestre destaca a estreia em Patrocínio e Ponte Nova, além de novas lojas em Três Corações, Esmeralda e Curvelo.


Hub de Saúde


Ampliando o portfólio de atendimentos e se consolidando como um hub de saúde, a Araujo disponibiliza serviços farmacêuticos personalizados, com soluções diversas para check-ups, vacinas, testes, orientações e encaminhamento médico. A inovação no conceito de clínica farmacêutica vem se solidificando com a expansão do “Saúde em Dia”, que só em 2023 atendeu mais de 400 mil clientes.


As iniciativas da drogaria e contribuem para auxiliar a população na prevenção e controle de diversas doenças, com programas para o controle da diabetes, hipertensão, exames de aferição de glicemia e colesterol, tratamentos contra a obesidade e o tabagismo. Para 2024, a empresa promete mais novidades. “Vamos ampliar o serviço de vacina, para atender um número maior de lojas, incrementar o mix de testes rápidos e aumentar o serviço de atendimento em domicílio”, revela o presidente da companhia.


Responsabilidade Social


A geração de empregos diretos evolui na mesma proporção que a farmacêutica mineira expande o mercado em diversas regiões do estado. “Nosso time não para de crescer, e já contamos com quase 11 mil colaboradores”, comemora Modesto Araujo Neto, assinalando que os profissionais da Liga A são motivados a desenvolver novas competências e contam com um plano de carreira que impulsiona o crescimento na companhia.


Na amplitude que integra as ações de responsabilidade social, a parceria com o Hospital da Baleia está completando 19 anos com a campanha “Doe seu Troco” e já arrecadou mais de R$35 milhões durante as quase duas décadas de ativação. O Instituto Hahaha, que integra a ONG Doutores da Alegria, também recebe o apoio da rede, com iniciativas desde 2012. “E não podemos deixar de citar o nosso movimento solidário com a Caixa do Bem, em parceria com o Hub Social, por meio das doações de roupas, calçados, livros, alimentos não perecíveis e brinquedos, arrecadados em dez lojas que funcionam como pontos de coleta”, finaliza o presidente, Modesto Araujo.

Posts recentes

Ver tudo

ความคิดเห็น


bottom of page