top of page
  • SBVC

Mobly terá 80% em fusão com Tok&Stok


A nova empresa terá a força do canal de vendas on-line da Mobly e amplia a rede de lojas físicas com as unidades da Tok&Stok. Hoje a Mobly conta com 17 lojas e três unidades via franqueados


A home24, acionista controlador da empresa de móveis e decoração Mobly, e o fundo de private equity Carlyle, que controla a Tok&Stok, fecharam os termos do acordo para uma fusão, apurou o Pipeline, site de negócios do Valor.


A operação será feita por meio de troca de ações, em que os acionistas da Mobly ficam com 80% da nova empresa e os da Tok&Stok – que, além do fundo, incluem os fundadores Regis e Ghislaine Drubule – com 20%. Ambos os acionistas terão um “lock-up” por dois anos, período em que não podem se desfazer dos papéis.


Após a operação de fusão, a home24 planeja fazer uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para os acionistas da Mobly a um preço de R$ 6,50, o que representaria um prêmio de 68% em relação à cotação atual do papel. Pelo acordo que está sendo amarrado, o Carlyle terá a opção de comprar mais 10% da companhia a R$ 9.


As empresas já vinham conversando desde o início do ano, antes da Tok&Stok ter renegociado sua dívida com bancos, como antecipado pelo Pipeline. Em junho, o Carlyle fez um aporte de R$ 100 milhões na Tok&Stok e rolou uma dívida com bancos de R$ 350 milhões, que tem vencimento em 2029.


A Mobly encerrou o segundo trimestre com receita líquida de R$ 128,2 milhões, queda de 13,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Em 2022, a empresa registrou uma receita líquida de R$ 637,1 milhões, recuo de 12% frente a 2021.


A companhia tinha um caixa de R$ 239 milhões e estava buscando zerar a queima de caixa, que ficou em R$ 36 milhões no segundo trimestre.


Já a Tok&Stok encerrou 2022 com prejuízo líquido de R$ 460,7 milhões, versus lucro líquido de R$ 53,7 milhões um ano antes.


A estimava de pessoas com conhecimento do assunto é que a nova companhia poderá ter um ganho entre R$ 150 milhões e R$ 200 milhões em sinergias, principalmente com a parte logística.


A nova empresa terá a força do canal de vendas on-line da Mobly e amplia a rede de lojas físicas com as unidades da Tok&Stok. Hoje a Mobly conta com 17 lojas e três unidades via franqueados (Mobly Zip). Já a Tok&Stok fechou 17 lojas este ano, como parte do plano de reorganização e contava com 51 unidades.


Procurada, a Mobly informou que não tem informações adicionais além do que já foi divulgado em fato relevante de 10 de março de 2023, quando confirmou negociações iniciais com a varejista de móveis e decoração. A Tok&Stok afirmou que não comenta o assunto.


Por: Silvia Rosa

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page