top of page

Panvel vê produtos próprios crescerem 17,7% e projeta 350 lançamentos até o fim do ano


Itens de higiene e beleza ganharam destaque


O Grupo Panvel viu os produtos de sua marca própria crescerem nas vendas no segundo trimestre de 2023, com aumento de 17,7% em relação ao mesmo período do ano passado e participação de 6,9% no total das vendas do varejo.


Os produtos ganham mais destaque nos recortes de Higiene e Beleza: 17,7% de participação nas vendas e um aumento de 28,7% se excluídos os itens relacionados à covid, como máscaras, que sazonalmente responderam por boa parte das vendas em 2022.


A companhia planeja aumentar a participação dos produtos da sua marca nos índices de vendas e, para isso, deve fechar o ano com 350 lançamentos. Os novos produtos são focados em hidratação e perfumação corporal, higiene bucal infantil e maquiagem – categoria que apresentou crescimento de 20%. Para o corpo, a aposta é o reforço da linha Panvel Instantes com novas fragrâncias.


“Quebramos o paradigma de que marca própria é apenas marca alternativa e nossos clientes sabem disso. Temos muitos estudos para desenvolver produtos e também um time de loja atento às demandas dos consumidores que podem, em algum momento, serem traduzidas em novos produtos da nossa marca”, explica o CEO do Grupo Panvel, Julio Mottin Neto.


No primeiro trimestre, a marca Panvel Make Up apresentou crescimento de 26,7% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado, consolidando-se na liderança de categoria. A Panvel Faces também foi destaque, com alta de 21% no período. A marca Panvel Baby, linha de produtos para cuidados de bebês e uma das principais marcas do grupo, apresentou crescimento robusto de 37,7%.


Crescimento das marcas próprias


Um estudo da Nielsen encomendado pela Associação Brasileira de Marcas Próprias e Terceirização (Abmapro), em 2022, mostra o crescimento de valor de marcas próprias na média global de 3,5%. Na América Latina, esse número sobe para 27,4%.


A combinação de inflação e produtos com preço até 30% menor – 36% no segmento farma – é uma das razões. O levantamento também aponta qualidade, disponibilidade e recomendação como drivers dessa compra. A Nielsen estima que as marcas próprias estão presentes em 40% dos lares brasileiros.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page