top of page

Varejo farmacêutico vê faturamento crescer; gasto médio e quantidade de clientes também aumentam


Saiba mais detalhes do faturamento do varejo farmacêutico com o Shopper Report


O varejo farmacêutico brasileiro está em constante evolução e encerrou 2023 com números positivos. O faturamento cresceu 4,19% se comparado com 2022. Os dados são do Shopper Report Farma 2023, da Bnex, empresa especialista em Ciência do Consumo que mapeou 22.6 milhões de transações, junto a mais de 5.6 milhões de shoppers em compras realizadas no varejo farma.


O Shopper Report diz ainda que o ticket médio também cresceu 5,50% e a quantidade de clientes aumentou 7,10%, enquanto o gasto médio do shopper teve uma escalada de 6,36%.


Ao se falar em clientes fidelizados, o número teve um salto de 14% na comparação de um ano para o outro.


De janeiro a dezembro de 2023, o ticket médio geral se manteve estável, de R$ 52,75 para R$ 52,76. Em relação aos clientes fidelizados, em 12 meses, o valor do ticket foi de R$ 68,50 para R$ 68,09.


Já o gasto médio mensal dos clientes fidelizados cresceu, passando de R$ 106,18 para R$ 138,90.


Índice de Fidelidade e Engajamento do Varejo


O Shopper Report da Bnex aponta ainda que o Índice de Fidelidade e Engajamento do Varejo (IFEV) passou de 51,1% para 54,9%, de 2022 para 2023.


O IFEV surge como um recurso essencial para a compreensão das relações entre consumidores e marcas no cenário varejista.


Com base na análise do ticket médio mensal, o IFEV proporciona uma visão abrangente das dinâmicas de engajamento e fidelização dos clientes, revelando insights valiosos para o sucesso das estratégias comerciais. Uma característica notável do IFEV é a sua capacidade de refletir os efeitos de estímulos promocionais no comportamento dos shoppers.


Observamos que nos meses em que os varejistas lançam campanhas promocionais ativas, especialmente aquelas associadas ao aniversário da loja, o indicador IFEV apresenta um aumento notável.


Por outro lado, nos meses em que a atividade promocional é menos intensa, o IFEV tende a diminuir. Essa correlação ressalta a importância de fornecer estímulos aos consumidores para que eles se identifiquem e aproveitem as oportunidades de compra.


Em resumo, o Índice de Fidelidade e Engajamento do Varejo não apenas quantifica o impacto das estratégias promocionais, mas também ressalta a necessidade contínua de interações estimulantes para envolver o shopper.


Conclusão


À medida que entramos em 2024, o setor varejista farmacêutico se prepara para enfrentar desafios e oportunidades únicas, como a notável mudança na pirâmide etária da população.


Evandro Alampi, Head de Inteligência da Bnex diz: “na ‘Era da Transformação Demográfica’, exploramos como as redes varejistas não apenas podem sobreviver, mas prosperar, adaptando-se às mudanças na composição etária da população. Imagina só: em 2030, um quarto da população terá 65 anos ou mais. Mas aqui está a pegadinha, isso não é uniforme. Algumas áreas estão vendo uma explosão demográfica, enquanto outras enfrentam desafios. Se você olhar para uma mesma cidade, pode encontrar bairros com crescimento negativo e outros com taxas de dois dígitos”.


“A expectativa para o setor farmacêutico em 2024 envolve uma série de desafios, incluindo possíveis perturbações na cadeia de suprimentos por causa de eventos geopolíticos, aumento dos custos de produção e distribuição devido a mudanças na política fiscal e no comportamento do consumidor em resposta a esses fatores. As empresas do setor precisam estar preparadas para se adaptar a essas condições e encontrar maneiras de manter a competitividade e atender às necessidades do mercado”, explicam Fernando Foster, Head of Customer Success Farma Bnex e Tamara Paccas, Estatística da Bnex.


“Adaptar-se às diferenças locais não é apenas uma estratégia sábia, é uma jogada essencial para se destacar na competição. Em vez de um plano único para todos, vamos pensar em estratégias que fazem sentido para cada realidade”, completa Evandro.

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page