top of page

5 tendências em design de varejo que podem aprimorar a experiência de compra


Recursos e ações valorizam ações conjuntas no mundo real e virtual e fortalecem estratégias de branding


Branding e Experiência do Cliente são elementos quase siameses. Afinal, a oferta de boas experiências aos consumidores faz parte do checklist de ações desejáveis para empresas que desejam construir marcas capazes de incitar louvores na boca do povo.


Pelos motivos citados acima, o cuidado eficaz e integrado com ambas as frentes se tornou uma necessidade para o Marketing moderno – e o retail design, também conhecido como design de varejo, oferece um leque de diferenciais estratégicos.


Isso porque as tendências de mercado moldam a maneira de como as lojas físicas são operadas, projetadas e organizadas, buscando proporcionar uma experiência mais envolvente, personalizada e alinhada com as expectativas dos consumidores.


Ou seja, unificar toda a comunicação de uma marca no seu ponto de venda desde o espaço até a iluminação, produto, equipe, entre outros é importante para evidenciar todas as características da empresa.


Pensando em auxiliar nessa construção, Gabriela Pavan, sócia-diretora de Arquitetura e Retail Design da Enredo, elencou 5 tendências do retail design que tem o potencial de transformar a experiência de compra. Confira:


Experiência multissensorial – A sócia-diretora destaca que o varejo concentra-se em oferecer experiências que envolvem os sentidos dos clientes, incluindo elementos visuais, táteis, olfativos e sonoros. Cada vez mais as lojas físicas usam iluminação criativa e aromas personalizados que estimulam os sentidos e influenciam o comportamento de compra.


Integração do online e offline: Gabriela aponta que a fronteira entre comprar online e offline está se tornando mais fluida, e o varejo tem explorado maneiras de integrar as duas experiências, permitindo que os clientes experimentem produtos na loja física e em seguida compre online, ou vice e versa.


Personalização e tecnologia: Ela prossegue pontuando que a tecnologia está sendo cada vez mais utilizada para personalizar a experiência do cliente. Isso inclui o uso de Inteligência Artificial para recomendar produtos com base no histórico de compras, realidade aumentada para permitir que os clientes visualizem os produtos virtualmente, dentre outras tecnologias.


Lojas conceito e temporárias: Colecionando benefícios proporcionados pelas três primeiras tendências, as lojas estão ganhando popularidade como forma de criar experiências únicas e exclusivas para os clientes, muitas vezes apresentam designs criativos e inovadores, oferecendo aos consumidores uma razão para visitar fisicamente a loja e se engajar com a marca.


Sustentabilidade e ética: Gabriela finaliza dizendo que os consumidores estão cada vez mais conscientes do impacto ambiental e social das suas escolhas de compra, e o retail design vem refletindo essa preocupação, adotando lojas com práticas mais sustentáveis, usando materiais reciclados e comunicando suas iniciativas e responsabilidades sociais de forma bem mais clara.


Por: Ian Cândido

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page