top of page

Marcas mais valiosas do Brasil reúnem 4 farmácias


Relatório anual da consultoria Brand Finance coloca quatro grandes redes de farmácias entre as marcas mais valiosas do Brasil. São elas a Raia, Drogasil, Farmácias Pague Menos e Drogaria São Paulo. Segundo o estudo, o valor das 100 marcas brasileiras aumentou 16% em 2023 e, mesmo com as incertezas políticas e econômicas, elas seguem com crescimento elevado.


As marcas brasileiras demonstram ter superado a crise da pandemia de Covid-19, com segundo ano consecutivo de crescimento real. “Somente atrás do segmento bancário, o varejo apresentou o segundo maior crescimento no valor das marcas (10%). Foi também o que reuniu mais representantes no ranking, totalizando 16 companhias”, afirma Eduardo Chaves, sócio-diretor da Brand Finance do Brasil.


A avaliação das marcas é feita por meio de uma pesquisa de mercado, realizada anualmente em todo o mundo e envolvendo mais de 100 mil pessoas em diversos segmentos. Dados como conhecimento da marca, familiaridade, consideração, uso, recomendação, localização, preço e promoção são analisados para ranquear a empresa.


Marcas mais valiosas do varejo farmacêutico


De acordo com o relatório Brasil 100 2023, a Raia cresceu 22,1%, saltando de US$ 206,2 milhões para US$ 251,94 milhões. A Drogasil também registra incremento na faixa de 19,5%, chegando a US$ 198,44 milhões, contra US$ 166 milhões do ano anterior.


Já a Drogaria São Paulo avançou 21,6%, saindo de US$ 107,1 milhões para US$ 130,28 milhões. A única das quatro redes que caiu é a Pague Menos, com queda de -13,1% em valor de marca – de US$ 193,8 milhões para US$ 168,27 milhões.


Marcas mais valiosa no varejo farmacêutico (evolução 2022 x 2023 em milhões de US$)

Raia

- 2022: 206,02

- 2023: 251,95

Drogasil

- 2022: 166

- 2023: 198,44

Pague Menos

- 2022: 193,27

- 2023: 168,27

Drogaria São Paulo

- 2022: 107,1

- 2023: 130,28

Fonte: Brand Finance


Acesso e preço são fundamentais


Outros fatores, como ser uma empresa socialmente e ambientalmente correta em suas ações e transparente na área de governança corporativa, também são considerados. Outros quesitos são os atributos financeiros, como margem de contribuição, crescimento da receita e rentabilidade.


No que se refere à classificação da marca, a Raia andou de lado na pesquisa, mantendo o rating A+ de percepção do cliente. A Drogasil também permaneceu na percepção AA-, assim como a Pague Menos na A. Já a Drogaria São Paulo foi a única que subiu de um rating A- para A. “Isso significa que todas aumentaram a geração de receita”, explica Chaves.


Para melhorar o seu valor de marca as empresas, devem sempre estar atentas aos dois principais pontos que geram lealdade no consumidor, que são acesso e preço. “Além disso devem aumentar sua presença física e digital, ampliar o conhecimento e a experiência da marca, tendo a qualidade percebida nos serviços, produtos e entrega”, finaliza Chaves.


Por: Ana Claudia Nagao

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page