top of page

A dona do Burger King compra sua maior franqueada. O objetivo: um banho de loja

Atualizado: 18 de jan.


A Restaurant Brands International (RBI), dona do Burger King, anunciou hoje que vai pagar US$ 1 bilhão para adquirir o controle de sua maior franqueada nos Estados Unidos, a Carrols Restaurant Group.


A Carrols é dona de 15% dos 6.778 Burger Kings que existem nos EUA.


A transação faz parte do plano “Reclaim the Flame” do Burger King, que consiste em modernizar as lojas, aumentar a eficiência e renovar os cardápios para tentar trazer os consumidores de volta.


A compra da Carrols “nos permitirá acelerar as reformas e depois refranquear esta rede em pacotes menores, para franqueados que moram perto das comunidades onde eles operam os restaurantes,” disse o CEO da RBI, Josh Kobza.


A RBI já era dona de 15% da Carrols; agora, está comprando os 85% restantes pagando US$ 9,55 por ação, um prêmio de 23% em relação ao preço médio nos últimos 30 dias.


A Carrols tem 1.022 restaurantes do Burger King e 60 lojas do Popeyes Louisiana Kitchen. Nos doze meses encerrados em setembro, a empresa teve uma receita de US$ 1,8 bilhão.

A RBI vai investir cerca de US$ 500 milhões na modernização das lojas, usando o próprio fluxo de caixa operacional dos restaurantes.


Dos 1.000 restaurantes, 400 precisarão de pouco investimento, e 600 “darão mais trabalho”, Tom Curtis, o presidente do Burger King para os EUA e Canadá disse hoje a analistas.


Após as reformas, a RBI deve revender a maior parte dos restaurantes para franqueados menores e locais a preço de mercado. O processo inteiro deve durar de cinco a sete anos, segundo o executivo.


No “Reclaim the Flame”, anunciado em setembro de 2022, a RBI se comprometeu a investir US$ 400 milhões ao longo de dois anos: US$ 150 milhões em publicidade e investimentos digitais e US$ 250 milhões em tecnologia nas lojas, equipamentos de cozinha e remodelações e realocações.


De lá pra cá, além das modernizações, a empresa desligou franqueados que estavam operando abaixo das expectativas.


A ação da Carrols fechou em alta de 12,4% a US$ 9,47, enquanto a RBI caiu 3,3% para US$ 75,83.


Nos últimos 12 meses, sem contar o pregão de hoje, o papel da Carrols já havia quadruplicado de valor.


A ação da RBI sobe 14% nos últimos doze meses; a empresa vale US$ 24 bilhões na Bolsa.


Por: André Jankavski

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page